Infiltração: entenda a origem deste problema

//Infiltração: entenda a origem deste problema

Infiltração: entenda a origem deste problema

Afinal de contas, você sabe a verdadeira origem de um problema como a infiltração e o que ele está querendo lhe dizer? Bom, tire todas as suas dúvidas agora mesmo em nosso post!

Como começa uma infiltração?

Infiltração e água têm tudo a ver. Ela ocorre, portanto, quando os elementos do imóvel não estão vedados corretamente, quando a manutenção não é feita há muito tempo ou quando certos materiais estão danificados ou mal instalados.

Podemos dividir esse problema em dois grupos:

  • Quando a infiltração ocorre de dentro para fora, ou seja, quando ocorre algum vazamento da rede hidráulica ou quando não há um revestimento apropriado nas áreas molhadas;
  • E quando a infiltração ocorre de fora para dentro, ou seja, quando a água da chuva, a umidade do solo ou a ação de um lençol freático provocam o problema.

E essa água pode percorrer muitos lugares do imóvel, principalmente onde existem rachaduras, trincas, portas e janelas mal vedadas. Além de conexões e tubos mal instalados, materiais de má qualidade e falta (ou má) de impermeabilização em paredes, pisos e lajes – serviço que deve ser feito antes de instalar o revestimento.

Como, então, reconhecer uma infiltração?

O fato é que a infiltração pode atingir qualquer parte do imóvel. É preciso ficar atento, mesmo que alguns sinais apareçam apenas tempos depois.

De uma forma geral, eis algumas possíveis explicações sobre a origem da infiltração em determinados materiais ou ambientes:

  • Nas paredes: podem aparecer manchas, escorrimento de água (pingos), e estufamentos. Isso ocorre por conta da umidade que atinge fissuras, juntas, portas e janelas, além da falta de impermeabilização na parte superior do imóvel e pela passagem de encanamentos que podem influenciar.
  • Nos pisos: a umidade pode causar estufamento, vazamento, trinca e refluxo nos ralos. Isso ocorre por conta de umidade do solo ou por um vazamento nas tubulações de água ou esgoto.
  • No teto, no forro e na laje: podem ocorrer vazamentos e manchas por conta, principalmente, da falta de impermeabilização para proteger a construção da água da chuva. Em prédios, também podem ser ocasionadas por conta de vazamento de água nos andares superiores.
  • Na cobertura: a infiltração pode ocorrer por falhas no projeto e na construção do telhado (em sua inclinação inadequada, por exemplo). Além disso, tudo o que “fura” o telhado, como a instalação de antenas, chaminés e dutos, por exemplo, também pode originar infiltrações.
  • Já nas esquadrias: (janelas, portões, portas e etc.) a água pode causar manchas e estufamento nas paredes próximas, por conta da má colocação, má vedação, defeito de fabricação e falta de manutenção destes objetos.

Quando não tratada… 

Quando uma infiltração não é tratada, ela pode gerar muitos problemas ao imóvel. Exemplo: a proliferação de fungos e bactérias que causam bolor (o que diminui a qualidade de vida dos moradores, principalmente de quem sofre de problemas respiratórios). E, até mesmo, pode levar a estrutura a ruir, em casos ainda mais extremos.

Afinal de contas, a água também pode corroer a estrutura. Para entender melhor, confira neste post todos os perigos de uma infiltração na construção civil.

Bom, saiba que o uso de impermeabilizantes é fundamental para toda obra. Ele previne a infiltração da água nos materiais e ajuda a brecar a ação dela novamente, caso o local já tenha sofrido desse problema antes.

Mas lembre-se de sempre contar com ajuda profissional para essa tarefa e com produtos de qualidade! Agora que você já entendeu a origem da infiltração, conheça 5 motivos para priorizar a impermeabilização em sua obra. E se restou alguma dúvida, deixe-nos um comentário! Até a próxima!

Por | 2018-09-25T15:32:17+00:00 6 setembro 2018|Infiltração|