Impermeabilização de laje: tudo o que você precisa saber sobre o processo

//Impermeabilização de laje: tudo o que você precisa saber sobre o processo

Impermeabilização de laje: tudo o que você precisa saber sobre o processo

Não basta impermeabilizar o solo, as paredes do seu imóvel e relaxar acreditando que a casa está protegida das infiltrações. A impermeabilização de laje é uma tarefa indispensável e funciona como a cereja do bolo para garantir a máxima proteção do seu patrimônio.

Para te ajudar a entender a importância da impermeabilização de laje e os materiais mais utilizados, separamos este post com todas as informações básicas — se você ficar com alguma dúvida, basta deixar o seu comentário no final do texto, combinado?

Por que impermeabilizar uma laje?

Para entender a necessidade de impermeabilizar uma laje, é preciso saber a sua função em um imóvel: a laje faz parte da estrutura e é ela que recebe as cargas permanentes e acidentais, repassando os esforços para os pilares e as vigas.

Nesse sentido, ela é mais vulnerável à infiltração, pois fica mais suscetível à ação do tempo – mesmo que ela receba um telhado. Chuvas, ventos, altas ou baixas temperaturas são prejudiciais ao imóvel se não receberem a proteção adequada.

Então, como o concreto — material utilizado para fazer a laje — não é totalmente impermeável, é preciso aplicar a impermeabilização, para que ele e a armadura fiquem protegidos.

Caso contrário, uma pequena rachadura pode gerar uma infiltração, que vai, aos poucos, corroendo a estrutura e descendo pelo teto e paredes da casa. Aí já viu o estrago, não é mesmo?

Com a laje devidamente impermeabilizada, todo o imóvel fica protegido, você gastará bem menos dinheiro com manutenção e reforma, além de ter uma casa com mais isolamento térmico e até acústico.

Os sinais de infiltração na laje

Se você ainda não construiu a sua laje, já sabe que precisa incluir a impermeabilização dela no projeto, combinado? Mas se você já tem uma laje, fique atento aos sinais que indicam que passou da hora de você resolver essa situação:

  • Fissuras;
  • Vibrações;
  • Manchas;
  • Bolor;
  • Pintura e Revestimento descascando;
  • Estofamentos;
  • Infiltração.

Os tipos de impermeabilização de laje

Bom, existem vários tipos de materiais utilizados na impermeabilização de laje — mas aqui destacamos dois deles, que são soluções que garantem um excelente custo-benefício: a impermeabilização com manta asfáltica e a impermeabilização com acrílico.

Também destacamos um tipo próprio de impermeabilização para pequenos reparos.

Impermeabilização de laje com manta asfáltica

Este tipo de impermeabilização é um dos mais comuns no Brasil. Trata-se de um material asfáltico modificado e armado com diversos materiais (poliéster, borracha, filme polietileno, fibras de vidro, etc.).

A manta asfáltica é encontrada no mercado em forma de rolo e suas principais características e cuidados são:

  • É fácil de ser encontrada no mercado;
  • É um sistema flexível;
  • Necessita de mão de obra especializada na aplicação;
  • Deve-se ter cuidado na aplicação, principalmente nas juntas, que precisam de atenção redobrada;
  • A garantia da manta asfáltica é dada pela marca, mas a garantia da qualidade final depende diretamente do profissional contratado para aplicá-la.

Impermeabilização de laje com acrílico (emulsão acrílica)

Esse tipo de impermeabilização é o resultado de uma emulsão de polímeros acrílicos termoplásticos em meio aquoso e é aplicado na forma de demãos em várias camadas para se chegar à espessura adequada.

Na prática, essa impermeabilização é indicada para áreas de difícil acesso, mas mesmo assim expostas, onde não será feito nenhum tipo de revestimento.

Injeção química na laje

Esse tipo de impermeabilização é indicado para reparos de vazamentos, que são as causas das infiltrações.

Trata-se de injeções de um gel impermeabilizante que são aplicadas sob pressão e que podem tanto criar uma nova camada de impermeabilização quanto reparar um sistema danificado.

Uma vantagem da injeção química é que ela evita grandes reformas. Isto pois age diretamente no lugar exato da infiltração — e pode ser aplicada tanto no teto quanto no chão.

Mas aqui vai uma atenção: esse sistema de impermeabilização não pode ser aplicado diretamente no concreto. Ele não pode ficar exposto. Sendo assim, lembre-se de que ele é indicado para reparar outros sistemas de impermeabilização.

Converse com um especialista sobre essa possibilidade de utilizar esse sistema. Afinal, ele não é indicado para todos os tipos de laje.

Gostou de conhecer mais sobre a importância da impermeabilização de laje? Então, separamos mais um post com todos os tipos de impermeabilização existentes no mercado para o seu imóvel de forma geral. Até a próxima!

Por | 2018-10-01T17:25:18+00:00 3 outubro 2018|Impermeabilização|