Entendendo as diferenças entre os tipos de caixa d’água

//Entendendo as diferenças entre os tipos de caixa d’água

Entendendo as diferenças entre os tipos de caixa d’água

Você está construindo ou reformando o seu imóvel e eis que chega a hora de trocar ou substituir a caixa d’água. Qual escolher? Quais as diferenças entre os tipos?

No post de hoje vamos te ajudar nessa tarefa. Conheça os principais tipos de caixas d’água vendidos no mercado e suas características:

Caixa d’água de polietileno

A caixa d’água de polietileno é uma das mais conhecidas aqui no país. Afinal, possui capacidades que variam de 310 a 2500 litros.

Trata-se de um tipo de plástico produzido a partir de petróleo e polímeros, o que garante uma alta durabilidade e resistência contra os raios ultravioletas.

A caixa d’água de polietileno é leve, flexível e a instalação é simples (devendo tomar cuidado com impactos), bem como a manutenção e limpeza.

Outra vantagem é que esse material é antibacteriano, além de vedar bem contra insetos e impurezas.

Caixa d’água de fibra de vidro

A caixa d’água de fibra vidro é uma das mais leves do mercado, cujo material é o mesmo utilizado na construção de piscinas, ou seja, uma mistura de resina com fibra de vidro.

Indicado para grandes reservatórios (existem modelos acima de 5 mil litros), a instalação é muito simples, mas tanto ela quanto a limpeza devem ser feitos com muito cuidado por não ser muito resistente a impactos.

Caixa d’água de poliéster reforçado

A caixa d’água de poliéster reforçado é feita sob medida. Assim, é recomendada para locais que precisam de uma grande quantidade de reserva de água (ela pode chegar a 500 mil litros ou mais).

Compostos de poliéster e fibra de vidro, essas caixas são feitas em módulos encaixáveis que são geralmente montadas no local da instalação.

Caixa d’água de aço inoxidável

A caixa d’água de aço inoxidável tem como principal característica a sua resistência, além de um bom sistema de vedação.

Por conta desse material, ela custa um pouco a mais do que as concorrentes. Tem ainda a vantagem de preservar o frescor da água por mais tempo e ter uma limpeza simples. É preciso ficar atento à correta instalação.

Caixa d’água de alvenaria

As caixas d’água de alvenaria podem ser de dois tipos: enterradas (subterrâneas) ou elevadas.

Feitas de concreto (portanto, resistentes e duráveis), elas podem ser encontradas em diversos modelos. Podem ainda, projetar sob medida, atendendo a várias capacidades de armazenamento. Fáceis de serem instaladas, essas caixas d’água possuem câmaras divisórias no interior, que fazem com que o custo do litro de água armazenado diminua.

Outra vantagem é a facilidade de impermeabilização com produtos de referência no mercado e que apresentam um excelente custo-benefício, como, por exemplo:

  • Para caixas d’água de alvenaria elevada: Viaplus 1000 e Viaplus 5000;
  • Para caixas d´’água de alvenaria enterrada: Viaplus 1000 e Viaplus 7000.

E o armazenamento de água potável?

Quando a caixa é usada para o armazenamento de água potável, deve ser frequentemente limpa. Além disso, sua manutenção deve ser preventiva, principalmente para as de alvenaria.

Isso porque as de madeira podem sofrer trincas e fissuras – o que vai comprometer a qualidade da água.

E então, já escolheu a sua caixa d’água? E por falar em impermeabilização, entenda a fundo como funciona esse processo para proteger todo o seu imóvel. Até a próxima!

Por | 2019-04-24T16:33:51+00:00 2 maio 2019|News|